A simplicidade de um dia de domingo

Uma leve buzinada: – Ô de casa! A mulher aparece na janela da meia porta fechada, junto ao letreiro que indica a venda de dindim e água mineral. – Tem dindim de jerimum? – Hoje só de maracujá e batata doce com coco. De imediato lembrei da recomendação de uma nutricionista sobre uma bebida de proteína com batata doce e coco (o interior está evoluído assim ou será o caminho […]

Continue Reading

Orquídea, uma espécie de oração

Sabe aqueles dias em que a programação flui bem certinha? Um pedal bem cedo com as amigas; um café da manhã gostoso para aquecer o corpo e jogar conversa fora no Poeta Bistrô (um lugar que acolhe artistas e não artistas); e a concretização de uma visita aguardada e previamente agendada. Parti com minha mãe em busca do tesouro, com o Google Maps em ação. Obedeci a todas as instruções […]

Continue Reading

Múltiplas

Arte é pura representação, expressão de formas variadas e infindáveis, com o propósito de “tirar a poeira da vida diária de nossas almas”, como afirmou Pablo Picasso. O olhar do apreciador de arte tenta interpretar esses caminhos, mas a maneira de enxergá-la é bastante subjetiva. Outro dia, percorrendo a Galeria B-612, deparei-me com a “Costureira”, uma mulher em traços delicados, sentada à máquina de costura ligada a uma tênue linha […]

Continue Reading

Posse no Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte

Foto obtida no site do IHGRN 08 de junho de 2021, amanheci em estado de euforia para posse como membro efetivo do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte – IHGRN –, indicação do confrade Graco Aurélio, a quem lhe sou muito grata. Cheguei na companhia de Henrique e logo encontrei Lalinha, madrinha e confreira – número de convidados reduzido por causa da pandemia. Máscaras nos rostos que […]

Continue Reading

Uma rica botija de papeis em desuso

Dinheiro enterrado, o mesmo que botija para o sertão do Nordeste, ouro em moeda, barras de ouro ou de prata, deixados pelo holandês ou escondidos pelos ricos, no milenar e universal costume de evitar o furto ou o ladrão de casa de quem ninguém se livra. Os tesouros dados pelas almas do outro mundo dependem de condições, missas, orações, satisfação de dívidas e obediência a um certo número de regras […]

Continue Reading

Mãe é, antes de tudo, uma fortaleza

Nesse domingo, celebra-se mais um dia das mães. Dessa vez, para mim, a sensação é diferente. Estou curtindo a boa nova de que serei avó em novembro próximo. Recebi a notícia no momento da perda do meu pai. Uma vida que parte e outra que chega, para alegrar os dias de luto e dar continuidade aos valores transmitidos de geração em geração. Meus filhos alcançaram avós, bisavós e trisavó vivas. […]

Continue Reading

A televisão nos anos 60 e 70

Marmelada de banana, bananada de goiaba, goiabada de marmelo, Sítio do Pica-pau Amarelo. Numa cidade polichinelo, encontrávamos Emília e o Visconde de Sabugosa, boneca de pano e sabugo de milho que ganhavam vida na imaginação de Monteiro Lobato, para acompanhar as reinações de Narizinho, Pedrinho, Tia Nastácia e D. Benta. Diversão garantida no finalzinho da tarde, depois das brincadeiras de rua, sem medo de arrancar chaboques de unhas e joelhos. […]

Continue Reading

Águas que curam

No filme “Colcha de Retalhos”, uma cena marcante: a personagem Sofia coloca os pés pela primeira vez no lago construído para ela por seu ex-marido no passado perdido. Como praticante do salto ornamental, o contato com a água lhe trouxe boas e antigas recordações, afastou a amargura de longos anos e a vez retornar à plataforma na piscina. Me transportei para a visita que fiz à fazenda Ingá em março […]

Continue Reading