Olhar inverso

Exposição Gold – Mina de Ouro Serra Pelada – de Sebastião Salgado. Caminhava sem saber ao certo onde ia parar. Seguia o fluxo de gente, procurando o número indicativo do lugar. Cheguei, entrei e subi até o quinto andar. Gold! Mina de Ouro. Parei ali minha procura, no topo da Serra Pelada, Pará. Uma sala escura, focos em lugares estratégicos, cinquenta e seis fotografias a preto e branco. Cinquenta mil homens em busca do ouro salvador. O metal precioso embalando sonhos, coragem, luxúria, salvação ou redenção. Tudo fotografado, em 1986, pelas lentes e o olhar de Sebastião Salgado. Em plena […]

Continue Reading

Brincadeiras de rua

Painel da Ocupação Lydia Hortélio – Itaú Cultural/SP Entre três irmãos, sou a única mulher e a filha do meio. Tinha um quarto só para mim, apesar de conter duas camas. A janela era alta e tinha grades de proteção (coisa de pouca utilidade à época). Então, como a violência não cerceava nossa liberdade, ao invés de olhar pela janela, saia pela porta da frente para vivenciar minha infância. Os muros das casas ainda eram baixos, serviam apenas para delimitar a propriedade, sem qualquer função de proteção. Cercas elétricas nem existiam. Morávamos numa rua tranquila de paralelepípedo, o terror para […]

Continue Reading

Aero na memória

Aeroclube do Rio Grande do Norte – Foto de Jaeci Emerenciano A lembrança chega como uma foto desbotada em preto e branco. Acho, mas não tenho certeza, que estava vestida de índia. Alguns colares, um saquinho de confetes, rolos de serpentina e uma lança de plástico – para jogar água nos foliões – completavam a fantasia. Nada de lança-perfume Rodouro, proibida desde 1961, por determinação do então Presidente Jânio Quadros. Estávamos no início dos anos setenta e eu me preparava para ir a minha primeira matinée de carnaval. Isso mesmo, as crianças tinham direito a um baile. Uma prévia do […]

Continue Reading

Pedra abrigo

Apinhadas ou isoladas, as pedras equilibram-se pela força da natureza rude. Para os habitantes de ontem, serviram de esconderijo e proteção. Os abrigos foram aprimorados, as pedras passaram a sedimentar alicerces, solidez necessária para erguer paredes e coberturas. Rochas exalam uma permanente robustez. Segurança necessária para abrigar gente, povoar a terra que lhe fez chão. Refúgio para intempéries da natureza, sol, chuva, vento, calor, frio, relento, inverno, verão. Ganharam formas e embelezamento, viraram castelos, fortalezas, palácios, templos para acolher homens, deuses, santos e fieis. Edifícios foram adornados com pedras, muitas vezes preciosas. Inspiraram o povo simples a buscar o conforto […]

Continue Reading

Casa no campo

Tenho uma casa no campo, roça, zona rural, interior ou qualquer outra palavra que queira denominar uma morada junto à natureza, tocando a terra, sentindo o cheiro do mato, dormindo, acordando e trilhando paisagens que variam com as estações do ano. Descobrir sons matinais, do entardecer ou o silêncio noturno que não se cala. Alegrar-me com o coaxar dos sapos, rãs e pererecas que se encharcam com a chegada das chuvas, mas trazem as moscas que importunam a nossa mesa. Fugir de um enxame de abelha que vem zunindo em minha direção – sinal que a floração está atraindo a […]

Continue Reading

Sonhando juntos

Fabio Zaffagnini por Andrea Bardi

Foto de Fabio Zaffagnini por Andrea Bardi “Um sonho sonhado sozinho é um sonho. Um sonho sonhado junto é realidade”. Yoko Ono pronunciou essa frase e Raul Seixas a adaptou na música Prelúdio. Em maio de 2014, Fabio Zaffagnini, italiano, quarenta anos, geólogo, admirador de rock, sonhou alto. Pensou numa forma criativa para convidar sua banda favorita de rock – Foo Fighters – a tocar em Cesena, pequena cidade da Emiglia Romana, região central da Itália, com aproximadamente 97.000 habitantes. Reuniu seis amigos em torno do projeto Rockin’ 1000, tendo por objetivo convencer 1.000 músicos a tocarem juntos, ao mesmo […]

Continue Reading

Piquenique

Na minha infância, fui leitora assídua de revistas em quadrinhos. Li de Walt Disney a Hanna e Barbera, passando por Bolinha e Luluzinha e a Turma da Mônica. Aguardava as revistinhas chegarem na cigarreira da esquina. Ninguém aqui chamava de banca, era cigarreira mesmo. Ainda influência do cigarro como moda nos anos 50/60, tempo de James Dean, o rebelde sem causa de Juventude Transviada. Zé Colmeia e Catatau, de Hanna e Barbera, nem estavam entre os meus personagens preferidos, mas um fim de semana na serra, compartilhado entre oito amigas que o pilates reuniu, bem que renderia um animado piquenique, […]

Continue Reading

Fé inabalável

Novembro escaldante, final de tarde de uma terça-feira. Aos pés do monte, nenhum movimento de peregrinos. Barracas desarmadas, apenas uma lojinha aberta, expondo os artigos religiosos para as almas agraciadas que habitam o lugar. As demais permanecem fechadas, aguardando a chegada dos fiéis em romaria, especialmente na Semana Santa. Na quietude, subo os degraus e as rampas inclinadas, tentando assimilar a aura sagrada do lugar. Ao longo do trajeto, as estações da Via Sacra, doações das famílias de Carnaúba dos Dantas. As imagens sagradas são adornadas por flores coloridas de plástico, únicas capazes de resistir ao clima seco da região. […]

Continue Reading

Aconchego

Moro em apartamento, mas tenho um jasmim na varanda, só para lembrar da casa de minha infância e adolescência, na Rua Abdon Nunes, onde a planta espalhava seu cheiro à noite pelo jardim. Pura memória olfativa! Um casal de sanhaçu descobriu meu jasmim. Em determinada época do ano, vem ali fazer o seu ninho. De manhã, cedinho, eles começam a cantar. Como é próximo ao elevador, saímos em silêncio, para não perturbar o sossego do casal. À tardinha, a cantoria se repete, lembrando as ruas arborizadas e as fazendas na hora do entardecer. Nós, humanos, também temos nossos ninhos. Aqui […]

Continue Reading

Comida, música e amor

O blog foi concebido para compartilhar bons momentos com o leitor, como se estivéssemos batendo um papo na calçada, acompanhado de um bom cafezinho. A ideia vem se espalhando e inspirando seguidores. Tenho recebido comentários que são literalmente novas crônicas. Renata Fernandes Paiva entrou nessa vibe e me enviou um texto em que relata seu amor pela comida, sua imersão na música e, por que não dizer, toda sua sensualidade. Compartilho com vocês essa dádiva: “Eu poderia escrever sobre os prazeres da mesa como quem fala de um mundo de etiqueta e refinamento. Poderia descrever rituais nos restaurantes, pratos elaborados […]

Continue Reading

Yinka Shonibare CBE

Não tenho qualquer formação em artes plásticas. Meu conhecimento nesse assunto é restrito à literatura, visitas a museus e exposições, além das conversas com minha mãe, professora de história da arte e artista plástica. O fato de eu gostar ou não de alguma obra de arte decorre, unicamente, do meu olhar. Na minha leiga imaginação, brinco que teria tal obra em minha casa, seja de artista famoso ou não, tudo a depender da minha apreciação visual. Por outro lado, certas obras, mesmo as mundialmente reconhecidas, não estariam expostas em minhas paredes. Por esse motivo, muitas vezes me indago em como […]

Continue Reading

Mont Ventoux – parte II

Acesse também: Mont Ventoux – parte I A partida ocorreu na esquina próxima à Bédoin Location. A placa indicava a estrada D-974, Mont Ventoux a 22km, sendo a parte mais dura o percurso de 1km a 23% de inclinação – Gigante da Provence. No mesmo local, uma placa em memória do ciclista britânico Tom Simpson. Henrique seguiu na bike alugada, sem nem bem ajustar a altura do selim, tamanha era a ansiedade para iniciar o desafio. George seguiu junto, familiarizando-se com a bicicleta elétrica, que representava uma ajuda indispensável para chegar ao topo. Nós, as mulheres, partimos em seguida, devagarzinho, […]

Continue Reading

Chaplin em Vevey

Em 1952, a bordo do navio Queen Elizabeth, que o levava a Londres – sua cidade natal – Charles Spencer Chaplin (1889-1977) soube que poderia ser preso ao retornar aos Estados Unidos, sob acusação de uma possível associação com o comunismo. Chaplin recusou-se a retornar aos Estados Unidos por mais de vinte anos e prestou a seguinte declaração: “Eu acredito na liberdade – essa é toda a minha política”. Desde então, ele decidiu morar na Suíça, às margens do lago Léman, onde passou os últimos 25 anos de sua vida no alto da colina de Corsier-sur-Vevey, junto à família e […]

Continue Reading

Craquelando o sabor

Aproveitando uma viagem em que quatro amigos decidiram percorrer os campos da Toscana de bicicleta, resolvo me incluir no roteiro para degustar a culinária italiana e o visual único da região. Os ciclistas seguiam percursos distintos, enquanto os acompanhantes percorriam a região no conforto do veículo de quatro rodas. Ao final do dia, o jantar era sempre com o grupo reunido. Em tempos de novas técnicas culinárias, consultei a lista anual da San Pellegrino e fiz uma reserva para o jantar da nossa segunda noite em Milão, comecinho da viagem, antes de seguirmos para a Toscana. O grupo partiu cheio […]

Continue Reading

Tommy nos dias atuais

Por esses dias fui ao cinema assistir ao filme Rocketman, no qual o ator Taron Egerton interpreta e canta brilhantemente Elton John, biografia meio musical, com várias músicas da carreira do astro cantor, compostas em parceria com o letrista Bernie Taupin. Em uma das cenas do filme, Elton John senta ao piano e toca Pinball Wizard, mudando seu excêntrico figurino, enquanto a música do The Who gira o mundo. Me veio à memória o filme ópera rock Tommy, escrito por Pete Townshend do The Who, no qual Elton John canta a música e a mantém por semanas consecutivas nas paradas […]

Continue Reading