Pedal histórico-cultural em Natal – Parte II

Solar Bela Vista no ano do centenário – 2007 Após recebemos as bênçãos de Nossa Senhora da Apresentação na Pedra do Rosário, retomamos para Avenida Câmara Cascudo, passando pelo prédio do jornal “A República” e parando na frente da casa nº 377, lugar onde Luís da Câmara Cascudo viveu grande parte de sua vida, endereço de referência da cultura do nosso Estado, que hoje abriga o Instituto Câmara Cascudo. Nas paredes do Instituto, o muro com a obra do artista plástico Azol e equipe de grafiteiros de Miguel Carcará, numa homenagem aos 30 anos de encantamento do grande Mestre. Um […]

Continue Reading

Pedal histórico-cultural em Natal – Parte I

Resolvemos fazer um passeio diferente: um pedal no circuito histórico-cultural de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Hora do início: 06:00h, porque ciclista acorda cedo. Não, ciclista madruga, literalmente. Era domingo de eleição e acreditamos que a cidade estaria mais segura, em razão do movimento para o exercício da cidadania na escolha de Prefeito e Vereadores! O ponto de encontro foi em frente ao Palácio dos Esportes, na Praça Cívica, que já foi Pedro Velho de Albuquerque Maranhão, em homenagem ao ex-Governador do Estado no início da República. A craibeira derramou suas flores sobre o grupo de oito mulheres […]

Continue Reading

A criatividade na passarela da moda

Confesso que sou totalmente desligada do mundo fashion. Sempre procurei a roupa que se adeque ao meio biótipo, o que não é nada fácil, pois a modelagem favorece altas e magras, enquanto sou baixinha e cheinha. Mas as redes sociais invadem a nossa vida e podem nos proporcionar gratas surpresas visuais. Essa semana, deparei-me com a imagem do desfile de um jovem estilista francês que abusa da criatividade e de suas raízes na vida rural. Simon Porte Jacquemus nasceu em Salon-de-Provence, cresceu em Mallemort e mudou-se para Paris em 2008, com apenas 18 anos. Estudou na Escola de Artes e […]

Continue Reading

Porteiras do tempo

Ilustração de Andrea Ebert – Visite seu site: www.andreaebert.com Passei minha infância visitando as fazendas dos meus avós. Aprendi bem cedo a lição da importância do contato com a natureza. A fotografia da infância registra a menina moleca no lombo do boi. Transitava entre o gado com olhar desconfiado, com medo de vaca parida e touro bravo. Pequenina, era acrescentada à carga do jumento que levava água do açude em seus barris ou, quem sabe, brincando nos caçuás. Depois ganhei ares de independência, aprendendo a montar sozinha, sem ninguém para puxar o animal. Pernas curtas que não alcançavam o estribo. O […]

Continue Reading

Sabor preservado

Ler é um passatempo gostoso. Seguindo as linhas do livro “Comer é um sentimento”, do crítico gastronômico François Simon, deparei-me com a frase seguinte: “Ao concentrar-se em um lapso de tempo reduzido, um prato revela todo o seu sabor, o seu sal e a sua verdade”. As palavras ecoaram na minha mente e levaram-me à crônica sobre a comida sertaneja tão presente na memória gustativa da infância, revelando todo o sal daquela terra chamada sertão. Resgato para os leitores o sabor da mesa sertaneja através da crônica “Sabor preservado”, publicada no livro Sertão, Seridó, Sentidos. Despertei com um desejo infantil […]

Continue Reading

Le Cordon Bleu e suas técnicas culinárias

Foto capturada no site www.cordonbleu.edu A história começa quando a jornalista francesa Marthe Distel teve a ideia de treinar as mulheres na arte culinária através de publicações na revista “La Cuisinière Cordon Bleu”. A revista fez tanto sucesso que sua idealizadora se juntou a Henri-Paul Pellaprat (chef francês) e resolveram oferecer aulas presenciais. A primeira aula aconteceu em 15 de outubro de 1895, ministrada pelo chef Charles Driessens; estava fundada a escola Le Cordon Bleu de Artes Culinárias em Paris. O nome Cordon Bleu tem origem na L’Ordre des Chevaliers du Saint Esprit, criada em 1578 pelo Rei Henrique III, […]

Continue Reading

Tonico e Maya Gabeira, exemplos de superação

Foto de Maya Gabeira capturada na internet. Os dois começaram a surfar na adolescência. Ele, aproveitando o embalo do surf nos anos 70 na capital potiguar; ela, nas ondas da praia do Arpoador, Rio de Janeiro, início do novo milênio. Tonico e Maya Gabeira, cada um em seu tempo, mergulhados no mar, tirando proveito das ondas. Aqui em Natal, as ondas não eram lá essas coisas, mas o adolescente rebelde encontrou-se com o esporte, numa época em que estava longe da profissionalização dos dias atuais. O mar era sua praia; além do surf, a vela também lhe despertava paixão. Ela […]

Continue Reading

Desafio do dia das crianças

Desafio aceito! Vamos ver quem tem mais prazer… De um lado, um tabuleiro verde com um campo demarcado, uma caixa desgastada pelo tempo, guardando diversas tiras de pano de flanela costurados com 22 lugares e um time inteiro de futebol de botão. Olhos voltados ao tempo das disputas acirradas dos campeonatos na infância. Do outro, uma grande tela, fios conectados, o console Playstation ligado, o jogo FIFA 20 escolhido, faltando apenas apertar o play. Dedos ávidos para iniciar, com habilidade, o manusear do controle. Stop! Invertam os lugares. Regra número um: o objetivo principal do desafio é ser criança em […]

Continue Reading