Um domingo diferente

Acordamos cedo e saímos de Serra de São Bento com destino a Lajes Pintadas, para assistir à prova D3S Bike Race, organizada por RN100 Sports. Carro acelerado, porque o motorista é ciclista e, mesmo sem participar da prova, recuperando-se de um calcanhar fraturado na iniciação ao stand up, não quer perder a passagem dos atletas na Ladeira da Piaba, em Serra Verde, trecho mais difícil do percurso. O verde novo alegrando o olhar, pincelado de branco pelo nelore comendo solto a fartura do pasto que chegou com as chuvas constantes dos primeiros meses de 2020. Se fosse assim todo ano… […]

Continue Reading

Encarando as ondas de Nazaré

Em outubro de 2018, estive com meu marido e um casal de amigos em Nazaré, Portugal. Cheguei até a beira-mar da Praia do Norte, onde Lucas Chumbo estava treinando, enquanto Renan, seu filmmaker, registrava tudo. Janela do Big Wave Tour aberta, mas sem competição. Subi até o farol no Forte de São Miguel Arcanjo e visitei o Surfer Wall, onde estão expostas as pranchas de surfistas recordistas, inclusive a representante brasileira, Maya Gabeira. Imaginei como seria assistir ao campeonato ali de cima, bem próximo ao farol. Mais um evento para incluir na minha lista de coisas a fazer antes de […]

Continue Reading

Surf, deu Baía Formosa no Pipe Masters e no WCT

Ítalo Ferreira, campeão mundial – Foto divulgação WSL Dia 11 de dezembro rolou o Round 32 do Billabong Pipe Masters. Primeira bateria, Ítalo Ferreira e Jadson Andre na disputa. Coração potiguar dividido, com uma tendência natural para Ítalo, porque disputa o título mundial e veste a lycra amarela. Jadson eliminado, Ítalo avançou para rodada seguinte. Owen Right eliminado por Yago Dora. Filipe Toledo perdeu para Ricardo Christie, o neozelandês que teve a perna suturada na rodada anterior. Kelly Slater nos presenteia com um tubo perfeito no Backdoor, nota máxima, 10! Gabriel Medina avançou para próxima rodada e Jordy Smith foi […]

Continue Reading

Surf nos anos 70

Quem tem o mar a lhe banhar, sempre encontra uma maneira de aproveitar os seus benefícios. Ainda bebê, começa com o pezinho nas cacimbas cavadas pelos pais na areia, vai aos poucos se familiarizando com as marolinhas, vira criança pegando cavalete (jacaré), depois quer, inevitavelmente, uma prancha. Na minha infância, começávamos com aquelas de isopor, que deixavam a barriga toda assada. Aí descobrimos que podíamos usar uma camiseta ou vestir a prancha para evitar os arranhões, que ardiam bastante no contato com a água salgada. Final dos anos 70, início dos 80, os meninos evoluíram para a prancha de fibra, […]

Continue Reading

Officina della Bistecca

Foto capturada no site da Officina della Bistecca Seguíamos ondulando pelas colinas da Toscana, em pleno mês de outubro, quando o outono esparrama suas cores terrosas pelo ar. Saímos cedo do hotel em Radda in Chianti para percorrer os arredores, dirigindo sem pressa até a hora do encontro em Panzano in Chianti. No carro estávamos eu, meu irmão, minha concunhada e sua cunhada. Todos acompanhantes dos ciclistas que escolheram essa região da Itália para pedalar. O friozinho gostoso da estação abrindo o apetite para a culinária italiana e a degustação de bons vinhos. Os ciclistas acordaram cedo e partiram pelos […]

Continue Reading

Mont Ventoux – parte II

Acesse também: Mont Ventoux – parte I A partida ocorreu na esquina próxima à Bédoin Location. A placa indicava a estrada D-974, Mont Ventoux a 22km, sendo a parte mais dura o percurso de 1km a 23% de inclinação – Gigante da Provence. No mesmo local, uma placa em memória do ciclista britânico Tom Simpson. Henrique seguiu na bike alugada, sem nem bem ajustar a altura do selim, tamanha era a ansiedade para iniciar o desafio. George seguiu junto, familiarizando-se com a bicicleta elétrica, que representava uma ajuda indispensável para chegar ao topo. Nós, as mulheres, partimos em seguida, devagarzinho, […]

Continue Reading

Mont Ventoux – parte I

Em tempos de competição de ciclismo, meu marido assiste na TV aos Tours da França, Espanha, Itália e Suíça. Para mim, basta uma passadinha rápida pelos cenários incrivelmente belos das paisagens naturais ou dos monumentos que são mostrados nos percursos. Numa viagem à França, surgiu a oportunidade de conhecermos o Mont Ventoux, uma das etapas mais difíceis do Tour de France. Subimos de carro, deslumbrados com a altura do monte, o número de ciclistas que encaram o desafio e a vibração de quem chega lá reverberando pelos poros. No percurso, testemunhamos um ciclista desconhecido que sucumbiu ao esforço do coração, […]

Continue Reading

Macambira e cajás

Quando estou no interior, gosto de desbravar caminhos, conhecer novas terras, descobrir encantos. De vez em quando, pego carona nas pedaladas do meu marido para fazer tudo isso. Ele acordou cedo. Foi matar a vontade de subir e descer ladeiras, testando seus limites. Voltou para casa e chamou os amigos para conhecer seu percurso. No carro, logicamente. A turma não tinha o seu preparo físico, exceto seu companheiro de pedal. Fomos de camionete. Um homem na direção, quatro mulheres na boleia (para quem não sabe, é a parte fechada da cabine) e três marmanjos na carroceria, indicando o caminho pelas […]

Continue Reading