Só sei que foi assim

O personagem Chicó do Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna, ao ser questionado sobre as lorotas inventadas, encerrava a conversa dizendo: Não sei, só sei que foi assim. Longe das estórias inventadas por esse personagem inesquecível, percorrendo as estradas nordestinas, fui dar no agreste paraibano, mais especificamente no Planalto da Borborema, serra de Boturité, para celebrar a união de um natalense e uma campinense. O local escolhido para a celebração veio estampado na gravura que acompanhou o convite. O baobá em destaque, vestido de verde, na frente da casa de fazenda, agora transformada em casa de recepções Celebre La Vie, […]

Continue Reading

Rock, o cão e a praia

Foto de Jaecy Emerenciano – Praia de Muriú Visitando o meu feed no Instagram, visualizo uma imagem do famoso fotógrafo americano, Michael Yamashita, retratando os currais pesqueiros no Estreito de Ormuz. Longe dos conflitos que explodem no Oriente Médio, em época de veraneio, me veio à lembrança os antigos currais de pesca na praia de Muriú, onde tínhamos uma casa bem na esquina da praça central, próxima à Igreja. Do primeiro andar, avistávamos os currais no mar e seguíamos a extensa faixa de areia branca adornada por uma linha de barraquinhas de tronco de coqueiros, cobertas de palhas para proteger […]

Continue Reading

Ano começando

Fim de tarde do início de uma nova década. Tarde com cara de ressaca de Revéillon. Dos festejos da noite anterior, restam as boas energias espalhadas no ar. Um desejo mútuo de um novo ano repleto de alegria, realizações e paz, muita paz. As nuvens encobrindo o abraçar do sol poente. Vento invertido traz cheiro de chuva no sertão. Mesmo em tempo de notícia imediata, ela demora a chegar, mas os sinais da natureza são irrefutáveis.  No Oeste, as chuvas chegaram encharcando o chão. Sinal de inverno que se achega. Começar o ano assim é sinal de bom presságio; para […]

Continue Reading

Zefa, a flor da paixão

Toda cidade de interior tem personagens marcantes. Chegando o veraneio, muitos deles chegam junto para ajudar no trabalho de uma casa de praia, que carece sempre de mão-de-obra, diante do movimento multiplicado em época de descontração e diversão no litoral. As conversas de alpendre trazem à tona pessoas marcantes do nosso cotidiano. Ela era mulher disposta para o trabalho. Alta, pele clara, cabelos tingidos de ruivo, rosto marcado por histórias diversas, uma boca escancarada em sorriso, tanto assim que ganhou o apelido: Zefa bocão. A vida lhe fez assim, não lhe faltava disposição, principalmente para o amor. Zefa nasceu junto […]

Continue Reading

Natal, 420 anos

A cidade de Rouen, na França, implementou um projeto bem original no seu centro histórico: o controle de velocidade para pedestre. A velocidade máxima permitida é de 3km/h; se ultrapassá-la, um flash de advertência é acionado. Objetivo do alerta: diminuir a velocidade do passante e conceder-lhe tempo para observar as construções que compõem o seu patrimônio. Tomar um tempo para observar a vida diferentemente. Hoje a minha cidade completa 420 anos. Nascida pelas mãos de Jerônimo de Albuquerque Maranhão em 25 de dezembro de 1599, às margens do Potengi, Natal vê seus prédios históricos abandonados na Ribeira do nosso rio. […]

Continue Reading

Visitando a Oficina Brennand

“Recordo-me de ter encontrado a velha cerâmica São João em ruínas. Inclusive, cabe salientar que não havia necessidade de um anteprojeto, pois as antigas paredes já indicavam aquilo que devia ser refeito: as ruínas balizavam tudo. Portanto, toda e qualquer ideia chegava à medida do trabalho em progressão. Talvez, por isso, eu providenciei chamar o lugar de “oficina”, baseado na origem da palavra “ofício” (officium, em latim) que quer dizer “trabalho”; local de trabalho, evitando o francesismo atelier. Ao mesmo tempo, há a ideia de uma comunidade, à maneira das coletividades de ofício medievais e renascentistas, onde o mestre e […]

Continue Reading

Surf, deu Baía Formosa no Pipe Masters e no WCT

Ítalo Ferreira, campeão mundial – Foto divulgação WSL Dia 11 de dezembro rolou o Round 32 do Billabong Pipe Masters. Primeira bateria, Ítalo Ferreira e Jadson Andre na disputa. Coração potiguar dividido, com uma tendência natural para Ítalo, porque disputa o título mundial e veste a lycra amarela. Jadson eliminado, Ítalo avançou para rodada seguinte. Owen Right eliminado por Yago Dora. Filipe Toledo perdeu para Ricardo Christie, o neozelandês que teve a perna suturada na rodada anterior. Kelly Slater nos presenteia com um tubo perfeito no Backdoor, nota máxima, 10! Gabriel Medina avançou para próxima rodada e Jordy Smith foi […]

Continue Reading

Bicho esquisito

Antropofagia – Tarsila do Amaral, 1929 Em 1982, o Brasil realizava suas primeiras eleições diretas pós 1964, para os cargos de governador, senador, prefeito, deputado federal e estadual. Dentre os eleitos para governador e senador, nenhuma mulher. Apenas o Acre contava com a Vice-Governadora Iolanda Fleming e a suplente de Senador Laélia de Alcântara. Mesmo assim, Rita Lee lançou a música Cor de Rosa Choque, que foi tema do programa TV Mulher e fala do sexo frágil que não foge à luta, bicho esquisito que todo mês sangra. Precisou se explicar na censura, como ela mesma conta em seu livro […]

Continue Reading