Entardecer

Pôr-do-sol no rio Potengi

Cai a luz sobre o rio manso, seguindo seu curso em direção às aguas oceânicas. Maré alta penetrando nas águas doces do Potengi. Um sombreado avultando-se, ainda sem o entremeado de luzes dedilhadas. Da minha janela, dois cubos imponentes impedem a minha visão do astro estrelar em recolhimento.

A visão larga da cidade no entardecer ainda me permite ouvir o canto dos pássaros em busca do abrigo noturno. O cão ladra solitário, anunciando os passos dos transeuntes no retorno para casa.

Luz amarelada inundando o poente, reflexos do sol nos vidros resplandecentes. E eu assimilando o brilho da tela, buscando inspiração para alimentar a minha sina.

Pós almoço em casa dos pais, privilégio de poucos em minha idade. Ponto de encontro de amigos diversos dos três irmãos. Pessoas ecléticas, discutindo assuntos distintos. Política, novidades da cidade, modelos de carros, manobras de surf, novas tecnologias em confronto com a arte, pontos de vista consensuais, ou por vezes divergentes, enriquecem a discussão.

E papai presente, garimpando assuntos cada vez mais restritos de seu interesse, surdez seletiva e conveniente para manutenção do antigo status quo. Mamãe, em posição antagônica, assimilando tudo de contemporâneo para alimentar o seu ser e exprimi-lo em sua arte.

Mesa redonda congrega, dispensa as aparas das arestas. Os drinques ajudam a liberar a conversa, sorrisos estampados abrem o apetite para o banquete oferecido pela elegância despojada da anfitriã. Saciados, cada qual retoma seu rumo, com a certeza que na próxima sexta-feira as portas estarão abertas para novos encontros.

O sol já desapareceu na linha do horizonte, mas ainda despeja sua luminosidade sobre a cidade. Alaranjada no poente, diluindo-se em azul lilás na imensidão celeste. O rio prateou, antes da escuridão completa.

Um pequeno barco singra os últimos vestígios de luz. Recolhimento noturno. Rapidamente, pequenos fachos pontilham de vez a escuridão. Início de fim de semana, programas de descanso e lazer. Noite estabelecida.


Simply Falling – Iyeoka

Leia também

8 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *