Por que não falar de tulipas?

Em um mundo cada vez mais recheado de notícias negativas, por que não falar de tulipas?

Há exatos 23 anos, visitei o parque Keukenhof, na cidade de Lisse/Holanda, distante 35km de Amsterdam. Não conhecia as tulipas de perto, foi amor à primeira vista. A variedade de cores, a organização do parque, a disposição das flores, tudo me encantou. No meu íntimo, prometi um dia retornar para reviver a emoção.

A promessa concretizou-se esse ano. Voltei cheia de expectativa, morrendo de medo de a segunda visita não ter o mesmo encantamento da primeira e ainda levando quatro mulheres comigo – que responsabilidade! Não me decepcionei, Keukenhof é um daqueles lugares que você pode retornar durante toda uma vida e, ainda assim, será surpreendido pela beleza das tulipas e demais flores que são cuidadosamente dispostas para encantar o olhar.

O parque só abre uma vez ao ano, por um curto período de tempo, entre março e maio, a depender da variação do clima, que interfere diretamente na floração. Em 2019, a temporada de visita ocorreu entre 21 de março e 19 de maio.

Os 7 milhões de bulbos de tulipas começam a ser plantados, a mão, em meados de setembro por quarenta jardineiros do parque, que levam aproximadamente três meses para concluir o trabalho. Para conseguir a floração por oito semanas aproximadamente, o Keukenhof usa o plantio dos bulbos em camadas. A camada inferior consiste nas variedades de floração tardia, na camada intermediária, os bulbos com flores para abril e, por fim, a camada superior contém os bulbos de floração precoce. O resultado é de encher os olhos!

Os matizes são inimagináveis! Oitocentos tipos de tulipas em amarelo, branco, vermelho, laranja, rosas de todos os tons, lilases, púrpura e todas suas mixagens. A cada ano, o parque escolhe um tema para celebrar. Esse ano o tema foi o poder das flores no movimento hippie paz e amor! Uma verdadeira celebração à primavera.

Movimento hippie
Celebração do Movimento hippie

Se você tem intenção de algum dia visitar Amsterdam, escolha um período em que o parque estará aberto. A visita pode demorar duas horas (correndo) ou um dia inteiro, a depender do gosto do freguês. Além de caminhar pelo parque – de câmera em punho, é claro – os visitantes ainda dispõem de diversas atividades ao ar livre ou nos pavilhões.

A minha dica é visitar o parque em meados de abril, para ver as cerejeiras em flores e alugar uma bike para percorrer os campos de tulipas antes da colheita. Em frente ao Keukenhof há uma loja onde você pode alugar uma bicicleta e percorrer os campos em rotas marcadas de 5km, 10km ou 15km, a depender do preparo do viajante.

O site do parque tem todas as informações para seu planejamento em holandês, inglês, francês e alemão, inclusive os melhores horários de visita, levando em consideração o número crescente de visitantes. De toda sorte, você encontrará um lugar com 32 hectares de muita paz!


Keukenhof – vídeo oficial

Acesse também: Cinco mulheres e uma viagem

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *