Preparativos de viagem

Tulipas brancas

A palavra viagem tem origem no latim. Na Roma antiga, viaticum designava as provisões de viagem. Em tempos idos, o viajante tinha que provisionar alimentação e outros víveres para ir de um lugar a outro, seja com as próprias pernas ou com a utilização de animais.

O deslocamento agilizou-se com a evolução dos meios de transporte e as pessoas passaram a conhecer, desbravar e visitar lugares cada vez mais distantes de sua origem.

Mas levantar voo e preparar uma viagem internacional não é tarefa fácil. Se a pessoa não tem qualquer familiaridade com a internet, facilidade de expressão em outros idiomas ou espírito para se jogar no desconhecido, é melhor contratar uma boa agência de turismo.

Caso contrário, mergulhe na internet e você estará pronta para planejar e visitar qualquer parte do mundo. Cuidado apenas com os países em que a cultura, as guerras ou a pouco familiaridade com o turismo podem ocasionar sérios perigos ou contratempos.

Para começar o planejamento da viagem, consulte sites especializados e confiáveis em vendas de passagens, reservas de hotéis, casas ou apartamentos em sistema compartilhado, locação de carros e vendas de pacotes de tours nas cidades e vizinhanças, opiniões de viajantes, reservas de restaurantes. Certifique-se nos sites oficiais que as ofertas estão compatíveis com os preços praticados pela companhia aérea ou férrea e pelo hotel.

Eu, particularmente, prefiro adquirir passagem aérea ou de trem, assim como reservar carro – se for o caso – nos sites oficiais. Acho bem mais confiáveis. Há quem prefira os terceirizados, que oferecem pagamento em parcelas mais extensas. Há também os sites especializados que oferecem uma hospedagem grátis a cada 10 reservas efetivadas, por exemplo, ou descontos quando é viajante frequente.

Na hora de comprar a passagem aérea, verifique se o tempo entre as conexões é suficiente para não perder o próximo voo, especialmente se for em companhias aéreas diferentes. A onda maciça de viajantes, a necessidade de controle rígido de itens de bagagens e a fiscalização de passaporte tomam bastante tempo, sem falar nas distâncias percorridas entre um e outro portão de embarque. Para facilitar, baixe os aplicativos oficiais no celular e acompanhe as informações em tempo real.

Ao escolher um hotel, leve em consideração as opiniões dos viajantes (especialmente as negativas), a localização e os seus interesses. Um hotel bem localizado pode render economia nos deslocamentos, mas observe que o preço aumenta à medida que se aproxima do centro da cidade. Se estiver com carro, a dificuldade de estacionamento no centro da cidade encarece ainda mais os custos da viagem.

A visita a museus requer um planejamento prévio. Leva tempo e alguns só vendem os tickets pela internet. Dependendo da importância, os ingressos esgotam-se rapidamente. Alguns tours podem ser feitos a pé e, de preferência, em nossa língua nativa. A antecedência para compra também deve ser observada.

Na questão gastronômica, há gosto para tudo. Com a globalização, as cidades cosmopolitas dispõem de todos os tipos e padrões de cozinha. A opinião dos frequentadores é um excelente indicativo. Acesse previamente os menus e utilize tradutores instantâneos para facilitar a escolha do prato e evitar surpresas desagradáveis ao paladar.

Lembre-se que planejamento e informação são essenciais para o sucesso de sua viagem. Toma tempo, mas compensa bastante. Quanto mais antecedência, mais possibilidades de redução de custo também. No resto, é seguir a letra de Skyline Pigeon, voar alto para terras distantes em direção aos sonhos.


Mario Quintana

A Verdadeira Arte de Viajar

A gente sempre deve sair à rua como quem foge de casa,
Como se estivessem abertos diante de
nós todos os caminhos do mundo.
Não importa que os compromissos, as obrigações, estejam ali…
Chegamos de muito longe,
de alma aberta e o coração cantando!

Elton John – Slyline Pigeon

Acesse também: Viagem no tempo

Leia também

2 comments

  1. Cheguei de alma aberta e coração cantando… A viagem foi perfeita. Parabéns Elzinha, pela crônica e pelas suas preparações e organizações nas viagens. Espero poder ajudar um pouco na próxima, p dividir mais as responsabilidades… Rsrsrsrs Beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *