Officina della Bistecca

Foto capturada no site da Officina della Bistecca Seguíamos ondulando pelas colinas da Toscana, em pleno mês de outubro, quando o outono esparrama suas cores terrosas pelo ar. Saímos cedo do hotel em Radda in Chianti para percorrer os arredores, dirigindo sem pressa até a hora do encontro em Panzano in Chianti. No carro estávamos eu, meu irmão, minha concunhada e sua cunhada. Todos acompanhantes dos ciclistas que escolheram essa região da Itália para pedalar. O friozinho gostoso da estação abrindo o apetite para a culinária italiana e a degustação de bons vinhos. Os ciclistas acordaram cedo e partiram pelos […]

Continue Reading

Desafiadora Waynapicchu

O hotel Belmond Sanctuary Lodge fica encravado na montanha, avistando a cidadela, como se fosse sua continuação. A tranquilidade reina no lugar, sentimos como se fizéssemos parte de uma civilização pré-colombiana. O último ônibus desce de Machu Picchu para Aguas Calientes às 17h30; depois desse horário, só se a pessoa enfrentar a descida íngreme a pé. Então ficamos isolados, dormindo na paz daquele santuário. Acordei bem cedo para pegar a luz mais propícia à fotografia. Estava de prontidão para entrar na primeira leva às 06h da matina. A decepção foi grande, porque a neblina e as nuvens cobriam a cidadela […]

Continue Reading

Peru fascinante

Decidi comemorar meus cinquenta anos, há cinco anos atrás, fazendo o que mais gosto: viajando. Eu, meus filhos Luiz Henrique e Cecília, minha nora Eduarda, meu genro Marcelo e minha tia Dulcinha. O Peru estava nos meus planos desde muito tempo. Escolhi o final de abril, começo de maio, para visitar Lima, Cusco e Machu Picchu, uma pequena mostra daquele país fascinante. Lima pouco chove e durante todo o ano mantém uma temperatura estável em torno de 24ºC. A cidade é conhecida mundialmente por sua gastronomia, que mistura ingredientes da cultura milenar dos Incas, a influência do Pacífico e um […]

Continue Reading

Mont Ventoux – parte II

Acesse também: Mont Ventoux – parte I A partida ocorreu na esquina próxima à Bédoin Location. A placa indicava a estrada D-974, Mont Ventoux a 22km, sendo a parte mais dura o percurso de 1km a 23% de inclinação – Gigante da Provence. No mesmo local, uma placa em memória do ciclista britânico Tom Simpson. Henrique seguiu na bike alugada, sem nem bem ajustar a altura do selim, tamanha era a ansiedade para iniciar o desafio. George seguiu junto, familiarizando-se com a bicicleta elétrica, que representava uma ajuda indispensável para chegar ao topo. Nós, as mulheres, partimos em seguida, devagarzinho, […]

Continue Reading

Chaplin em Vevey

Em 1952, a bordo do navio Queen Elizabeth, que o levava a Londres – sua cidade natal – Charles Spencer Chaplin (1889-1977) soube que poderia ser preso ao retornar aos Estados Unidos, sob acusação de uma possível associação com o comunismo. Chaplin recusou-se a retornar aos Estados Unidos por mais de vinte anos e prestou a seguinte declaração: “Eu acredito na liberdade – essa é toda a minha política”. Desde então, ele decidiu morar na Suíça, às margens do lago Léman, onde passou os últimos 25 anos de sua vida no alto da colina de Corsier-sur-Vevey, junto à família e […]

Continue Reading

Carrières de Lumières

Imagine um pórtico imenso de pedra calcária. Entre por uma pequena porta com tecidos pretos em volta e encontre um vão grandioso, com paredes de até 15m de altura, piso irregular e telas naturais aproveitando o espaço de uma pedreira desativada. Com uma área de aproximadamente 7.000m², a pedreira Carrières de Lumières está encravada no planalto rochoso dos arredores da pequena cidade de Les Baux-de-Provence, região PAC da França. Impressionado com a beleza do espaço, Jean Cocteau decidiu filmar “O Testamento de Orfeu” nas Carrières de Lumières, ainda nos idos dos anos 60. Em 1977, o cenógrafo Joseph Svoboda também […]

Continue Reading

Mont Ventoux – parte I

Em tempos de competição de ciclismo, meu marido assiste na TV aos Tours da França, Espanha, Itália e Suíça. Para mim, basta uma passadinha rápida pelos cenários incrivelmente belos das paisagens naturais ou dos monumentos que são mostrados nos percursos. Numa viagem à França, surgiu a oportunidade de conhecermos o Mont Ventoux, uma das etapas mais difíceis do Tour de France. Subimos de carro, deslumbrados com a altura do monte, o número de ciclistas que encaram o desafio e a vibração de quem chega lá reverberando pelos poros. No percurso, testemunhamos um ciclista desconhecido que sucumbiu ao esforço do coração, […]

Continue Reading

Algodão doce

O avião mergulha nos flocos brancos de nuvens espessas. Essa cena sempre me traz à lembrança o algodão doce de carrinho. Em minha cidade, Mamede era o encarregado de fazer a alegria da meninada. Nos aniversários infantis, lá estava ele. O motorzinho girava um recipiente onde se colocava açúcar cristal. Depois de aquecido, o açúcar era expelido por pequenos orifícios que giravam rapidamente, formando fios de algodão, que logo eram resfriados e adquiriam a forma determinada pelo comandante do processo. Olhinhos brilhantes e gulosos aguardavam a vez na fila por ele organizada. Com uma colher, Mamede orientava a distribuição do […]

Continue Reading