Berg Ort Hotel, um refúgio em Campos do Jordão

O muro de pedra da fachada me encantou ao primeiro olhar. Remeteu-me às cercas de pedras do Sertão que carrego dentro de mim. Aqui, um pouco diferente: as pedras cuidadosamente empilhadas têm fios de aço para segurá-las.

Cruzamos o portão e o acesso é ladeado por araucárias e árvores da Serra da Mantiqueira. Um curto trajeto até deparar-nos com a construção de arquitetura alemã, em estilo “bávaro”, e uma vista deslumbrante sobre a natureza da cidade de Campos do Jordão, com altitude acima de 1.600m.

A placa da entrada do portão principal – simples e discreta – traduz a elegância como marca do novo Berg Hotel Ort. O ano de 1943 remete ao lugar que carrega um pouco da história da cidade.

A família Caravelas, proprietária da famosa Estamparia Caravelas na década de 1930-40 em São Paulo, acreditando na potencialidade turística de Campos do Jordão, iniciou a construção desse imponente hotel, projetado para ser o “Hotel dos Lagos”, aproveitando os benefícios dessa cidade de ar puro, famosa por abrigar sanatórios para o tratamento da tuberculose.

A construção não foi completamente finalizada na época, mas somente em 1979, após o Grupo Orotour adquirir o imóvel e inaugurar, em 1º de abril de 1980, o Orotour Garden Hotel, que logo se transformou em referência na hotelaria de Campos do Jordão na década de 1980/90.

Em 2020, seus proprietários decidiram pela aposentadoria e o hotel foi adquirido por Fabio Burg Mlynarz, o CEO do Grupo Rái, um dos maiores grupos independentes de comunicação do Brasil.

O sonho desse descendente de poloneses em trabalhar com hotelaria está estampado na repaginação que imprimiu nas dependências do hotel, transformando o Berg Ort Hotel no refúgio ideal em Campos do Jordão.

Berg Ort Hotel em Campos do Jordão | SP (Foto cedida pelo hotel)
Berg Ort Hotel – Recepção (foto cedida pelo hotel)

Totalmente reformado, o novo hotel traz um significado para o luxo e o design. A ambientação contemporânea e aconchegante aproveita os materiais da região e o olhar do dono está estampado também nas fotografias expostas em diversos ambientes (de sua autoria), que retratam um pouco de sua história.

A filosofia do hotel é oferecer um tratamento pessoal para cada um dos seus hóspedes. A equipe formada para bem receber oferece acolhimento e procura atender aos desejos de quem chega para curtir as experiências oferecidas por esse icônico hotel.

O empreendimento possui uma área de 24 mil m², onde se encontram 61 quartos e quatro chalés com roupas de cama impecáveis, sala de lareira, sala de leitura e espaço infantil, além de SPA, piscina adulta infantil, sauna seca e úmida, campos de futebol, quadras de tênis e poliesportiva.

Piscina aquecida e Restaurante Küche (fotos cedidas pelo hotel)

Inserido no meio da natureza, seus jardins permitem a contemplação, com os hóspedes devidamente aquecidos pelo fogo de suas lareiras externas. Uma piscina a 40 graus, rodeada de plantas, é outro atrativo para os dias mais frios.

Além da estrutura física, a gastronomia garante uma experiência marcante. O restaurante Küche, sob comando do chef André Marques, possui influência austríaca, alemã e suíça, além de pratos com produtos locais.

O restaurante Ópa, moderno e aconchegante, traz na decoração a mesma trama do aço do muro de pedra e oferece pizzas saborosíssimas. Sério, foi uma das melhores pizzas que comemos na vida!

Na sala de sinuca está estampada a foto dos avós de Fabio Burg. Eles devem estar orgulhosos do sonho que seu neto vem concretizando. E os projetos não param por aqui. Ainda falta concluir a charutaria, o cinema e uma novidade ainda não revelada, que usará neve natural.

Com certeza, o Berg Hotel Ort fará jus à história da cidade de Campos do Jordão e proporcionará experiências únicas e inesquecíveis a seus hóspedes! A araucária, plantada na fachada do edifício e impressa como pequeno detalhe da logomarca, representará a vida longa de sua existência.


Berg Ort Hotel | Campos do Jordão | SP

Para maiores informações, clique no site: www.orthotel.com.br ou acesse o Instagram: @hotelort

Telefone: (12) 3668-9130 | Celular / WhatsApp: (12) 99150-0888 | e-mail: reservas@orthotel.com.br


Acesse também: Aman e Bupitanga, hotéis imersos na vegetação; Um lugar secreto guardado a sete chaves; Inhotim, um jardim botânico com arte; Felícia Leirner e o museu a céu aberto; e Château de Chenonceau e suas grandes damas.

Leia também

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *