Chaplin em Vevey

Em 1952, a bordo do navio Queen Elizabeth, que o levava a Londres – sua cidade natal – Charles Spencer Chaplin (1889-1977) soube que poderia ser preso ao retornar aos Estados Unidos, sob acusação de uma possível associação com o comunismo.

Chaplin recusou-se a retornar aos Estados Unidos por mais de vinte anos e prestou a seguinte declaração: “Eu acredito na liberdade – essa é toda a minha política”.

Desde então, ele decidiu morar na Suíça, às margens do lago Léman, onde passou os últimos 25 anos de sua vida no alto da colina de Corsier-sur-Vevey, junto à família e gozando da tranquilidade do lugar para produzir – um verdadeiro workaholic, nas palavras do seu filho Eugene.

A propriedade Manoir de Ban abrigou Chaplin, sua última esposa Oona O’Neill e seus oito filhos. Em abril de 2016, a antiga casa da família foi reaberta como Chaplin World’s, que abriga um museu para rir, aprender e se divertir no coração do universo do genial comediante do cinema.

A primeira atração é a lojinha – entrada e saída – para o estúdio com reproduções de cenários e vídeos do eterno Carlito, com sua bengala inseparável e andar peculiar, sua marca registrada.

Depois de conhecer o estúdio e interagir com personagens famosos, faça uma visita à casa, sinta-se como parte da família, percorrendo os vários cômodos, assistindo aos vídeos do dia a dia desse artista lendário e apreciando suas fotografias. Deixe-se guiar através dos móveis e pertences pessoais do gênio do cinema mudo.

Uma sala do primeiro andar abriga um grande mapa mundial, que vai mostrando os países visitados por Chaplin, acompanhado dos vídeos produzidos no auge de sua fama. Para concluir esse programa imperdível, passeie pelos jardins e absorva a áurea de paz sob árvores centenárias e seu gramado.

Após receber essa injeção de bom humor, desça até a margem do lago Léman e aprecie a beleza do lugar. A água e as montanhas ao fundo acalmam e relaxam, paisagem deslumbrante na cidade de Vevey, localizada entre Lausanne e Montreux, lugar onde está a sede do chocolate Nestlé. Essa pequena cidade suíça merece, com certeza, uma visita por quem estiver na região.

Vevey – Lago Léman
Vevey – estátua de Charles Chaplin

Charles Chaplin

“Você nunca encontrará arco-íris se estiver olhando para baixo.”

“Não preciso me drogar para ser um gênio;
Não preciso ser um gênio para ser humano;
Mas preciso do seu sorriso para ser feliz.”

“Cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre.”

“Num filme o que importa não é a realidade, mas o que dela possa extrair a imaginação.”

Cena de Tempos Modernos (1936)

Árvore Genealógica – Charles Chaplin

Acesse também: Carrières de Lumières e Alma renovada.

Leia também

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *