Orquídea, uma espécie de oração

Sabe aqueles dias em que a programação flui bem certinha? Um pedal bem cedo com as amigas; um café da manhã gostoso para aquecer o corpo e jogar conversa fora no Poeta Bistrô (um lugar que acolhe artistas e não artistas); e a concretização de uma visita aguardada e previamente agendada.

Parti com minha mãe em busca do tesouro, com o Google Maps em ação. Obedeci a todas as instruções daquela voz mecânica, larguei o asfalto e segui a estrada de barro. Um pouco mais de um quilômetro e logo a placa indicou o nosso destino: Orquidário Eds Mattos.

Edison Antonio de Mattos – ou Eds Mattos como ficou conhecido – aguardava-nos na porta. Deu as boas-vindas e nos convidou a mergulhar no seu mundo.

Na música Octopus’s Garden, Ringo Starr fala sobre o desejo de estar no fundo do mar, na sombra de um jardim de polvos. Ingressar no orquidário é como um mergulho no mar de orquídeas suspensas. Os “tentáculos” de Tillandsia usneoides (a popular “Barba de Velho”) e mais de 17.000 espécies de orquídeas e bromélias, sombreadas por seu idealizador, impressionam o visitante. 

Os jardins suspensos do orquidário são a concretização do sonho desse gaúcho de Passo Fundo, que escolheu o Rio Grande do Norte para morar e cultivar sua paixão.

Uma paixão que começou aos onze anos de idade, quando levou para o apartamento um pequeno pedaço de xaxim com uma muda retirada da coleção de plantas da avó Nair Bernardina Pucci. A orquídea do tipo Oncidium brotou flores amarelas que despertaram nele a sua vocação.

Uma visita a Natal fez o estudante Edison optar por concluir aqui o curso de Engenharia Civil da UFRN. As condições climáticas ideais para o cultivo das orquídeas foram sendo paulatinamente descobertas.

O orquidófilo Edison encantou-se pela Cattleya granulosa e virou um estudioso e pesquisador da espécie que se tornou flor símbolo do Estado do Rio Grande do Norte. As Vandas também detêm sua atenção. São muitos estudos, construção de conhecimentos, habilidades de manejo e cultivo, que lhe renderam prêmios nacionais e uma preocupação constante com o meio ambiente.

Localizado em Pium, município de Nísia Floresta/RN, o Orquidário Eds Mattos recebe visita previamente agendada de turistas do mundo inteiro, noivas, floristas, decoradores ou pessoas que sabem admirar a beleza das orquídeas.

Percorrer as alamedas de seus jardins suspensos é um bálsamo para a alma; cores variadas inundando o olhar, uma espécie de oração da natureza.


Orquidário Eds Mattos – contato: edsmattosorquidario@gmail.com

Atenção: Visita aos JARDINS SUSPENSOS somente com agendamento prévio.

Tel.:  84 98866 4448 | 84 98890 2310 | 84 98865 5200

Endereço: Estrada do Lago Azul, 10 | Colônia do Pium | Município de Nísia Floresta | RN | Brasil


Ringo Starr – Octopus’s Garden (Beatles) (live 2005) HQ 0815007

Se você gosta de flores e plantas, acesse também: Por que não falar de tulipas?, Cerejeiras em flor no Japão, Felícia Leirner e o museu a céu aberto.

Leia também

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *