Museus em passeios virtuais

Instituto Inhotim, Brumadinho | Minas Gerais


O mundo deu uma reviravolta em pouco mais de um mês. A globalização recebeu um freio de arrumação e vários países fecharam suas fronteiras. A pandemia instalada pelo coronavírus mudou comportamentos em menos de trinta dias.

Pessoas recolhidas em casa, filhos sem escola, trabalho remoto e, num piscar de olhos, a humanidade percebe que recebeu, por um caminho dramático e tortuoso, uma preciosidade que se chama tempo.

Para os cientistas e pessoal da área médica, as pesquisas correm contra o tempo. Mas o cidadão comum, mesmo a contragosto, tem o tempo disponível para fazer tarefas que há muito esquecera. Recolhido em casa, poderá dedicar mais tempo à leitura, conviver com os seus familiares, conversar, resgatar práticas adormecidas, brincar ao ar livre com a criançada.

No momento dramático que estamos vivendo, melhor pensar no lado positivo e aproveitá-lo. É meio como o filme italiano “A Vida é Bela”. Se devemos ficar em casa para evitar a propagação do vírus, podemos viajar no mundo virtual e devemos fazê-lo para afastar a monotonia, o encarceramento e o isolamento.

Com centenas de museus fechados, podemos conhecer, graças à tecnologia, um pouco de suas coleções, às vezes com explicações que não teríamos se estivéssemos ao vivo. Imagine visitar a Capela Sistina, sem a multidão que lhe tolhe o olhar! Pois isso é possível no site do Museu do Vaticano; não só a famosa Capela, mas outros ambientes estão disponíveis no Tour Virtual.

O Museu Nacional do Prado, em Madri, oferece aos internautas a possibilidade de apreciar seus quadros, que inclui obras-primas de pintores como Velázquez, El Greco, Rubens, Hieronymus Bosch e Goya. Ao acessar, você pode dar um zoom e apreciar cada detalhe do quadro. O museu também disponibiliza, via Instagram, de segunda a sexta-feira, das 09:50h às 10h (horário de Madri) um vídeo direto com comentários de especialista sobre determinada obra.

O Museu Britânico disponibiliza centenas de artefatos do seu acervo, por meio de uma visita virtual, que segue a linha do tempo e está dividida e conectada entre os continentes.

E quando o Museu Hermitage, em São Petersburgo na Rússia, fica na palma da mão? Faça um passeio virtual percorrendo o palácio principal e sua magnífica coleção.

Mais abrangente ainda é o site: Google Arts & Culture, que apresenta o Street View de pontos importantes ao redor do mundo, visitas virtuais a Palácios como o Versailles na França, locais históricos em 3D, quadros e vídeos de artistas famosos da História da Arte.

Se quiser uma dica de museu de arte contemporânea, onde os corredores entre uma galeria e outro são um exuberante e rico jardim botânico, mergulhe no Instituto Inhotim, em Brumadinho/MG.

Enfim, parece que nosso mundo fica pequeno quando exploramos as inúmeras possibilidades de viajar sem sair de casa. Clique nos links seguintes e faça uma boa viagem!


Para acessar os tours virtuais, clique nos links seguintes:

Clique aqui para acessar o Google Arts & Culture.


Inhotim Identidade | Português

Acesse também: Cultura da criança, Visitando a Oficina Brennand e Carrières de Lumières.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *