A televisão nos anos 60 e 70

Marmelada de banana, bananada de goiaba, goiabada de marmelo, Sítio do Pica-pau Amarelo. Numa cidade polichinelo, encontrávamos Emília e o Visconde de Sabugosa, boneca de pano e sabugo de milho que ganhavam vida na imaginação de Monteiro Lobato, para acompanhar as reinações de Narizinho, Pedrinho, Tia Nastácia e D. Benta. Diversão garantida no finalzinho da tarde, depois das brincadeiras de rua, sem medo de arrancar chaboques de unhas e joelhos. […]

Continue Reading

A histórica fazenda Acauã

Foto de Wikimedia Commons Em plena pandemia, fui convidada pelo sócio Graco Aurélio Câmara de Melo Viana para fazer parte do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte. Fiquei surpresa, mas, sobretudo, muito honrada com o convite, principalmente porque um dos fundadores do Instituto foi meu trisavô materno, Francisco de Salles Meira e Sá. Assumi o ofício cheia de responsabilidade. Não tenho o currículo do meu trisavô, mas […]

Continue Reading

Águas que curam

No filme “Colcha de Retalhos”, uma cena marcante: a personagem Sofia coloca os pés pela primeira vez no lago construído para ela por seu ex-marido no passado perdido. Como praticante do salto ornamental, o contato com a água lhe trouxe boas e antigas recordações, afastou a amargura de longos anos e a vez retornar à plataforma na piscina. Me transportei para a visita que fiz à fazenda Ingá em março […]

Continue Reading

Cerejeiras em flor no Japão

Crédito da fotografia: Yoshio Tomii Todo mundo deve ter uma relação de coisas a fazer ou lugares a visitar ao longo da vida. Isso nos permite sonhar; uma sensação de estar vivo para realizar algo, tipo Jack Nicholson e Morgan Freeman em “Antes de Partir” (fica a dica de um bom filme). Na minha lista consta uma viagem distante para o outro lado do mundo, numa época específica do ano, […]

Continue Reading

Corre que o verde está chegando

Euclides da Cunha – Os Sertões Sertões… ao atravessá-los no estio…, barbaramente estéreis; ao atravessá-los no inverno…, maravilhosamente exuberantes… Estou de volta à casa no campo. O olhar verdejando com as chuvas que ainda não chegaram em abundância, mas foram suficientes para esconder o ocre da terra seca. Nada melhor que respirar ar puro e me reencontrar com a natureza. Uma vontade imensa de devorar a paisagem, que entra pelos […]

Continue Reading

Ronnie Scott, 103 anos de extraordinária vitalidade

Foto do jornal Clarín, capturada na Internet Minha Tia Zorilda mora em San Isidro, região metropolitana de Buenos Aires, Argentina. Próximo à sua casa, bem na rua de trás, vive um personagem lendário e famoso: Ronald David Scott, conhecido carinhosamente por Ronnie Scott. Essa semana ele foi recebido por minha Tia e seus filhos Luis e Natália para um chá da tarde. O encontro rendeu esse post, em que Luis […]

Continue Reading

Ouro branco

No dia que já foi considerado o Dia Nacional da Poesia, publico o poema “A Apanha”, de Zila Mamede. Aproveito a oportunidade para disponibilizar mais uma crônica do livro “Sertão, Seridó, Sentidos”. Um sonho sobre a época do Ouro Branco povoando nosso chão. Ouro branco Uma imagem confusa, embaraçada, clareando aos poucos. No meio do campo tingido de flocos brancos, vi-me pequenina, de bisaco a tiracolo, recolhendo, com certa dificuldade, […]

Continue Reading

Retrospectiva de dois anos de blog

No domingo, este blog completou dois anos de existência. O último ano foi um caos mundial! A pandemia tomou conta do planeta Terra, isolou pessoas, proibiu viagens, fechou museus, cancelou shows, derrubou negócios, adoeceu milhões de pessoas, desempregou outras tantas e vitimou milhões. Em meio a tanta desgraça, a carga negativa veio em excesso, por todos os lados. A balança está completamente descompensada. Desde o início, o objetivo do blog […]

Continue Reading